Transformando sonhos em realidade: saltei de paraquedas!

Um sonho de infância foi realizado!

O sonho é tão antigo que nem lembro desde quando eu tenho vontade de saltar de paraquedas… Talvez desde bem pequeno, de criança, vendo na televisão já tivesse sido influenciado a experimentar este esporte.

salto-reeves-swayze
Caçadores de Emoções (Point Break)

Uma influência específica eu lembro de ter alimentado este imaginário que acabou se tornando realidade no último fim de semana: o filme do Keanu Reeves e Patrick Swayze, “Caçadores de Emoções”, de 1991, onde o Reeves era um agente do FBI investigando uma gangue de assaltantes de bancos, composta por surfistas que praticavam também outros esportes radicais. O Reeves se infiltra na gangue e acaba fazendo amizade com os assaltantes, praticando todos estes esportes inclusive. O filme é recheado de cenas de ação, com algumas cenas dos personagens praticando paraquedismo, com uma cena memorável dos comparsas da gangue realizando uma troca de paraquedas entre si para deixarem o Reeves na dúvida se o paraquedas dele estava sendo sabotado ou não. Na época o filme foi sucesso de bilheteria, no IMDB classificado com nota 7,2 mas nas minhas lembranças de infância foi nota dez. Não quero nem ver o filme de novo para não estragar a percepção nostálgica que tenho dele.

Mas de volta à realização do sonho, de 1991 a 2016 passaram-se vinte e cinco anos e neste meio tempo o paraquedas ficou no campo das ideias, mas com algumas pitadas de planejamento. Por um tempo, durante a faculdade eu pesquisei o que era preciso para saltar e que modalidades eram possíveis. Descobri que para iniciantes o mais indicado é começar com um salto duplo, mesmo que você esteja inclinado a fazer algum curso para saltar sozinho. Na época meu preconceito me fazia pensar “ah, mas eu não vou saltar com um maluco nas minhas costas” e pesquisei bastante o curso AFF (Accelerated Free Fall), um curso de sete níveis de dificuldade crescentes, nos primeiros níveis você é acompanhado por dois instrutores durante a queda e experimenta algumas manobras do paraquedismo. Nos últimos quatro níveis você é acompanhado por apenas um instrutor. Em cada salto são aproximadamente 40 segundos de queda livre e cerca de 5 minutos de navegação do paraquedas, sempre com o auxílio via rádio, de alguém em solo, observando toda sua movimentação. No link que eu coloquei acima tem mais explicações a respeito do curso e no fim do vídeo do salto (no fim da publicação) uma explicação visual.

Depois do salto duplo do último fim de semana, o curso AFF acabou virando uma meta para os próximos anos.

orcamentoAcontece que depois de tanto pesquisar eu me dei conta que precisava não apenas de disposição e coragem para encarar um desafio destes, mas também de investimento. O curso de sete níveis acaba saindo meio caro e o salto duplo acaba sendo mais recomendável em termos de praticidade para você curtir uma primeira experiência sem o compromisso e investimento de fazer mais seis níveis. Duro que todo estudante universitário é, guardei os conhecimentos adquiridos e mantive no campo dos sonhos para um dia realizar esta empreitada.

Eis que em 2015 um amigo do trabalho, o Rafa, fez o salto duplo em Boituva, centro de referência em paraquedismo e balonismo no Brasil, cheio de escolas de paraquedismo e um dos lugares que eu tinha visto para saltar na época que fiz toda a minha pesquisa. Falou para os amigos do trabalho e para mim. Sem saber ele acabou regando a sementinha já plantada desde sabe-se lá quando. Confesso que fiquei com uma invejinha boa e já me dispus a irmos saltar juntos uma próxima vez!

Passa o tempo, muda-se de emprego, mas sempre que aparecia alguma promoção, anúncio ou aviso eu já ficava alerta. Até que na última Black Friday saiu uma promoção para saltos duplos com o pessoal da SkyRadical Paraquedismo! Era a hora de convocar os amigos e colocar em prática o que estava no campo dos sonhos. Compramos o cupom com duas semanas de antecedência e logo depois eu agendei o nosso salto para dois sábados a frente! E depois disso a ansiedade tomou conta de mim.

Foram duas semanas de espera intensa. Chegava 2017 mas não chegava 3 de Dezembro de 2016! Ô expectativa! E para melhorar, a previsão do tempo não estava ajudando, quase 80% de chance de chuva no sábado. Mas com muito pensamento positivo e uma ajuda de São Pedro deu tempo de irmos a Boituva e realizar o salto!

DCIM100GOPRO
Os Saltadores Voadores! Da esquerda para direita: Roberto – aniversariante que saltou conosco – Silvia, Mauro, Eu, Rafa e Andreza 

 

Cheguei na escola super empolgado, estava me sentindo a mil, só depois revendo o vídeo reparei que eu ria meio que de nervoso, parecendo estar curtindo. Realizei o Salto Duplo Challenge, onde te dão instruções prévias específicas e propõem cinco desafios para cumprir, desde a saída da aeronave, movimentos em queda-livre, curvas, controle da estabilidade, controle de altura e de comando (ou abertura) do paraquedas e ainda cumprir o plano de voo pilotando o paraquedas após aberto. Os instrutores te passam muita confiança, são profissionais muito experientes e eu tive o privilégio de saltar com o instrutor mais antigo da casa, o Lutchi.

 

 

antes-do-embarque
Antes do embarque, com o instrutor Lutchi

Chegada a hora do salto você entra no monomotor tripulado pelo piloto mais os paraquedistas e dali em diante não tem mais volta, só desce de paraquedas. Eu estava bem empolgado, daquela emoção de fazer alguma coisa nunca feita antes fisicamente, mas que no campo dos pensamentos eu já tinha feito, sonhado dormindo, sonhado acordado, viajado completamente a respeito da experiência. Segui uma dica ótima do instrutor e antes do salto me concentrei por alguns minutos no avião pensando em como seria cada instante depois que a porta do avião se abrisse, como eu iria me aproximar da porta, como saltaria, cada movimento do desafio proposto, a abertura do paraquedas até tocar o solo.

 

E ajudou viu! Essa é uma técnica chamada visualização que quando o instrutor me recomendou eu já curti de cara porque esse tipo de técnica ajuda muito a você se concentrar, controlar ansiedade e colocar os seus planos em prática mais facilmente na hora da verdade. Será que ele também leu o Poder do Hábito? Falei sobre este livro na primeira publicação do blog, não sobre a visualização em si, mas como se cria hábitos e esta é uma das técnicas que o autor cita no livro para isso.

A partir daí foi um misto de medo, ansiedade, alegria e êxtase! Saltar no vazio, no meio das nuvens, ver tudo pequenininho lá de cima e sentir o vento relativo no seu corpo numa velocidade tremenda! A experiência é relatada por algumas pessoas como nascer de novo e eu achava isso meio exagerado até saltar. Não é exagero. Recomendo para todos.

GOPR4632.JPG
Saltando nas nuvens

Destaque para a Silvia, esposa do Mauro, que morre de medo de avião, nunca nem tinha viajado de avião até sábado e como primeira experiência aérea encarou o teco-teco e um salto duplo! Antes do salto ela estava obviamente nervosa, mas para mim foi um exemplo de enfrentamento de medo. No fim das contas a Silvia saiu de Boituva já planejando o próximo salto. Dez!

Encerrando, esta para mim foi uma das grandes realizações na minha vida, sem exageros. Daqueles sonhos que você sempre quer realizar e para muitos nunca sai do campo das ideias. Colocar ideias em prática está cada vez mais nos meus planos de vida, e neste ano esta foi apenas uma das ideias que eu consegui colocar em prática. Dá um sentimento bom de vitória, de realização. E que venham os próximos objetivos!

 

PS: Coloquei o vídeo do salto no Youtube, mas o wordpress me avisou que só deixa colocar o video aqui se tiver uma conta Premium, assim, vou deixar o link para o vídeo e tentar coloca-lo aqui mesmo assim, dá uma olhada e tenha uma dimensão de quanto é maneiro!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s