O Blog está ganhando vida

ou A vida que as coisas ganham uma vez que se dá palavras a elas

A volta ao processo de escrita para o blog me faz praticar de forma mais estruturada e retomar o hábito de escrever. E não é que eu acabo me impressionando com as ideias e assuntos que surgem durante este processo!?
Eu tinha medo no início de não ter assunto para abordar – e até por isso receava começar a escrever – mas agora me vejo numa lista de assuntos crescente, dando corpo ao que virá a ser o blog. É que no que se desenvolve um assunto algumas conexões vão se fazendo na construção do texto que são terreno fértil para assuntos futuros. Digo isso por que já no segundo post mesmo (Lápis versus Caneta versus Teclado, quando falei sobre as maneiras de escrever) fiz um link com um assunto que eu gosto, mas que não era necessariamente tema da publicação – falei sobre sonhos. Vai ser abordado futuramente, com certeza.
Continuar lendo O Blog está ganhando vida

Anúncios

Apresentando Eu Mesmo

Terceiro posto do blog e conforme combinado é hora de me apresentar. Esta publicação deveria ter saído há alguns dias atrás para respeitar a frequência semanal de atualização, mas ê coisa difícil falar de si mesmo e apresentar-se num texto né!?

Divaguei em alguns textos no caderno sobre este desafio e nada melhor que começar pelo início. Nascido aos trinta minutos do dia vinte e dois de Agosto de 1981. Filho da Elsa e o Carlos Alberto. Neto da Palmyra e José Luiz, Odaléa e Hamilton. Depois de mim vieram duas irmãs, Bia e Amanda, as quais o filho mais velho precisa ser exemplo.

photo
Eu no colo da minha mãe, Amanda no colo do meu pai, Bia do lado

Continuar lendo Apresentando Eu Mesmo

Lápis versus Caneta versus Teclado

Durante a semana que passou escolhi dois temas possíveis que eu poderia escrever no segundo post do blog: uma apresentação pessoal do tipo “Quem é o Leo Wanderley” e outro mantendo o tema #escrever, com o título aí de cima. Até quinze minutos antes de começar a escrever eu já tinha o tema da apresentação pessoal decidido quando resolvi mudar para o outro.

Acontece que o fato de escrever um blog me fez chegar a conclusão que, dentre outras características, esta atividade tem aspectos bastante narcisistas. Continuar lendo Lápis versus Caneta versus Teclado